quarta-feira, 27 de junho de 2018

Pssst....Oi

Oi!!!
Tanta coisa muda em tão pouco tempo, e comigo então costuma acontecer com um piscar de olhos!
Umas vezes essas mudanças são escolhas e outras nem por isso. Mas em todas essas mudanças radicais de vida....de coração....aprendo muito sempre.
Este ano então tem sido só novas aprendizagens, tantas que já pedi ao universo para dar um pouquinho de paz aqui ao meu coracaozito....preciso de respirar!
Mas na realidade, não me posso queixar, quando nada acontece durante uma ou duas semanas, eu ja ando a tentar ver como é que saio da redoma.
Mas agora....obrigaram-me a experimentar....ser instrutora de Yoga! Na realidade sou instrutora de yoga desde o ano passado, mas para crianças. Este ano convenceram-me a experimentar ajudar um grupo de amigos a fazer Yoga, escusado será dizer que estou a adorar!
É incrível, ver as dificuldades de cada um nas coisas mais simples, e assistir a sua evolução em tão pouco tempo! E também é muito bom perceber que afinal gosto de ensinar, sempre pensei que não iria ter paciência.
Obviamente que agora tem que vir a formação adequada, para continuar a crescer e poder ensinar mais e melhor. O que começou como uma brincadeira de amigos, pode-se tornar muito mais que isso.
Sou uma iniciante surfista!! Loooool..... comecei o ano passado com o ex namorado, e se era um desejo escondido, deixou de ser!! Ganhei coragem e ando em aulas de surf!!
Pode ser que um dia consiga apanhar uma ondinha maior que as que apanho agora!
As pessoas aparecem na nossa vida por alguma razão, vêem!! Looool.....não tenho razão de queixa, aprendi muitas coisas com ele, uma boas, outras....muito poucas...menos boas.
Mas esta  historia é só minha.
Entrei mais a serio, nas minhas terapias alternativas, estou a adorar, perceber que realmente sou capaz de o fazer e de me validar.
Eu agora Corro!!! Quem diria!! Adoro fazer desporto, mas correr, nunca foi uma paixão. Mas desde que comecei a correr em trails, que tem muita aventura envolvida, tem um sabor completamente diferente! Correr, com a língua de fora, ainda pensar onde é que vou por os pés para não cair na ravina e olhar para o lado, ver uma paisagem deslumbrante, é brutal! Correr ao lado de vacas com lama ate as virilhas é lindo!
Ganhei mais uns amigos de coração que vão ficar nesta minha vidita, alias sem eles teria sido mais difícil estas minhas mudanças de vida. Alias tenho recebido tanto deles que agradeço todos os dias ao universo.
Já viajei duas vezes este ano, trail nos Açores!!! Looool
E fui a Alemanha, onde vou voltar ainda este ano, essa experiência só merece ser contada depois da segunda vez por lá.
Resgatei a minha criança interior, depois de uns anos tristota, desde que a minha mãe saiu da minha vida.....ela voltou!!! Como é que sabia disso?! Simples, adoro brincar, fazer partidas, dançar, rir, e nos últimos anos isso tem sido menos frequente, com a morte da minha mãe, houve qualquer coisa que se apagou. Mas com algum trabalho interno, verdade, de repente, essa minha paixão de ver o mundo com os olhos da Dolitas criança voltou.
Não tenho parado!!! E preciso de umas ferias....outra vez....Loooool
Mas este ano esta a ser memorável, sem duvida, que continue assim! E há sempre espaço para mais na minha vidita.










sexta-feira, 20 de abril de 2018

Meditação Xamanica

Hoje é uma partilha de mais uma experiência pouco comum, mas já muito falada.
Aqui a Dolitas, faz meditação, Yoga, mantra, há bastante tempo, mas meditações ativas, tirando fazer exercício físico, que também considero uma espécie de meditação ativa, não faço muitas. E esta semana fiz uma meditação xamanica! 
Neste tipo de meditações nem sempre nos sentimos muito á vontade, para nos soltarmos, isto porque , a exposição é grande. Passo a explicar, há música, tambores a tocar, vendas nos olhos, e dançamos como nos der na vontade.
Ao entrarmos na frequência da música e no ritmo dos tambores, a viagem é interna. O nosso estado consciência muda. Simplesmente deixamos de estar presentes naquele local específico, e entramos num estado alterado de consciência, muda a vibração do espaço e o nosso. Entramos em contacto com o nosso eu superior, com o nosso estado mais puro de consciência. 
Independente do que cada um acredita, se nos conseguirmos soltar, desligar do que nos rodeia, temos algum tipo de experiência. A vibração dos tambores mesmo ao lado, vibra em nós. É uma experiência forte, e existe sempre algum tipo de desbloqueio. Umas pessoas choram,  outras ficam ou com muito calor ou com muito frio. Outras percebem de alguma maneira o que as estava a perturbar, e ao terem consciência disso, o emocional muda, vão agir de outra maneira perante a situação. Outras viajam, trazem histórias para contar, mensagens. 
Não foi a minha primeira vez, assim foi a minha segunda vez, mas sem tambores, só com música, mas talvez porque foi num festival zen, de olhos vendados, muitas pessoas, não consegui desligar tão bem, como desta vez.
Desta vez foi muito bom, assim que a vibração da sala mudou, fui transportada, para outro lugar.
Abri os olhos, estava numa floresta, a dançar com um tambor nas mãos, a minha frente tinha uma fogueira enorme, uma lua cheia gigante no céu, ao meu lado estava um amigo e protetor, um lobo cinzento. 
Sei me descrever ao pormenor, mulher, casa dos 25 anos, muito bonita, morena com os cabelos muito escuros e cumpridos. Tinha uma saia de pele, pulseiras nos tornozelos, uma fita na testa. E dançava...... A minha consciência era brutal......conseguia-me aperceber de tudo a minha volta. Do calor da fogueira, dos sons da floresta, do olhar atento do lobo, e de uma conversa de duas pessoas que estavam bem afastadas mas atentas. Era o meu pai, um homem de cabelo acinzentado cumprido, e outro novo, da minha idade. O mais novo dizia....."será que ela alguma vez me vai conseguir perdoar?"..... e o mais velho respondia...." vai, mas não agora, agora vais ter que lhe dar tempo. Ela tem se curar sozinha, perceber o que sente sozinha, ficar em paz. E como vez já o está a conseguir. Só depois é que vai conseguir voltar por inteiro." ..... O mais novo...." Eu amo-a tanto"..... O mais velho...." Mas agora não há nada a fazer, ambos tem que passar por tudo isto, crescer, curarem-se....e só depois .... Acontecerá o que tiver que acontecer. Agora ela ficaria contigo, mas não por inteiro." ........
Foi brutal, eu estava a dançar na floresta, mas a minha consciência, estava presente e absorvia tudo. 
Os tambores calaram-se e voltei a estar presente na sala. Muito bem disposta. Independente das crenças de cada um, se foi a minha imaginação, se realmente o meu ser consciente me enviou para algum lado, para eu viver uma história, ou se viajei no tempo, não interessa. 
O que realmente interessa, é que sai da meditação, mais consciente do meu poder pessoal, da minha beleza externa e interna. Em paz e com um sorriso na cara. E fartei-me de dançar durante uma hora! 
Mais confiante no que acredito, e quero para mim.
Tinha que contar a experiência!
Só  entro em estados alterados de consciência com meditação, o me ajuda a validar como pessoa, como ser consciente.
Meditem e se tiverem coragem......façam uma meditação xamanica! 
E eu a pensar que os "meus tambores" eram africanos! Pelos vistos também passaram pela América do Norte.




sexta-feira, 13 de abril de 2018

Thanks 4 nothing

A vida vai nos surpreendendo, nem que seja com boa música!!
Gostei tanto que tive que publicitar!

Thanks 4 nothing....


segunda-feira, 9 de abril de 2018

Flirts

Aos velhos amores.
No ultimo Post referi que houve um dia especial, um dia de encontros.
Foi tão engraçado, quer dizer....ou não, ia-o atropelando!! E não, não havia nem nunca houve motivo para algum tipo de vingança. Este menino nunca me magoou, muito pelo contrario, fez me perceber o quanto eu era e sou bonita, aumentou a minha auto- estima a um nível muito elevado, só tivemos uns desencontros pelo caminho.
Aliás, salvo uma única exceção muito recente, nunca houve mágoas, fiquei amiga de todos os meus Ex ....atenção não foram assim tantos.....loool... alguns fazem parte mesmo do meu circulo de amizades mais restrito, pessoas em quem confio de coração.
Obviamente que mais do que tudo, sempre houve verdade e honestidade, valores que uma escorpiãozita aprecia! Também não estou a dizer que na altura os desencontros não magoaram, mas foram circunstancias que depois de conversadas e depois de tempo de recuperação após o desgaste da separação, tudo ficou como deveria ficar.
Agora obviamente que quando existe, desonestidade, traição, quebra-se um elo com a pessoa que mais do que, amarmos, a consideramos o nosso grande amigo. Quando falo de traição, nem é a traição fisica, é a traição do elo de amizade, traição de almas. Esta mágoa tem um tempo de cura maior.
Mas estava eu num velho amor....era bem mais novinha, éramos os dois, giros, na altura achava-o bem mais giro que eu, cheiinho de miúdas atrás dele, dado o facto de aparecer de fatinho no gim, para dar aulas de grupo!! Loooool
Foi uma época bem divertida, perceber que poderia chamar a atenção daquele menino. Onde quer que estivesse vinha falar comigo, atrasava as aulas dele quando sabia que eu ia chegar atrasada...porque estava noutra aula...não sei como é que ninguém refilou!! Assim que eu entrava na sala...dizia bem alto..."já cá estas Dolitas?"...eu a tentar passar despercebida...corava ate as orelhas!!!! E  aquele rapazinho a fazia Bodystep com o "amigo", só para se meter comigo!!
Já me fizeram coisas bem engraçadas para me derreterem o coraçãozito, mas o  que vence ate hoje, ainda é me oferecerem um ramo de flores com uma caixa de gomas....ele sabia que eu adorava....mas muito envergonhado, porque tinha deixado as gomas no carro, e, a caixa de gomas, tornou-se numa goma gigante!! Looool .... andámos 2 semanas a comer a goma á dentada!
Todas as meninas, tenham a idade que tiverem, gostam destes mimos!! Mesmo que não admitam!
Nesta época, o ginásio era a nossa segunda casa, ganhei alguns amigos por la. Recordar é sempre bom!


PS: Época em que fazia 3 horas de bodystep....4h de bodyjump....2h de RPM!






quinta-feira, 29 de março de 2018

Uma inspiração

Ontem foi um dia....de encontros.
Aliás o dia de ontem vai dar para vários posts! 
Encontrei pessoas pessoas que já não via há anos, e novas pessoas em lugares caricatos!
Encontrei um velho amor, e apercebi-me que o tempo não mudou para ele, para nós....foi engraçado, mas este tema e para outra altura.
Fui a uma palestra, convidada por uns amigos, do mestre Tulku Lobsang, um mestre budista. 
Costumo dizer, que sou um espírito livre, porque interesso-me pela espiritualidade, desde sempre, mas não sou religiosa, não sigo um culto ou religião. Gosto de aprender novas visões do que é o universo e do que somos nós, mas fica só o que faz sentido para o meu coração. 
Conheço muitas pessoas, devotas de coração a alguém, ou a algo, mas eu não o consigo fazer, ou não faz sentido para mim, porque gosto de ser livre para fazer as minhas escolhas. Agora se é uma limitação minha, fazer essa entrega?! Talvez. 
Já fui questionada sobre o assunto, mas não sei responder, é mesmo o meu coração que dita assim, gosto de algumas práticas, como a meditacao, yoga, mantrar, gosto de tudo que envolva energia boa, que me mantenha em paz, feliz e em harmonia. E que possa ajudar o próximo de algum modo.
Agora quando envolve rituais religiosos ou não.....já não é para a Dolitas.
Fui a palestra, porque o que sempre me chamou mais a atenção foi o budismo, e ouvir um Mestre budista a falar sobre mindfullness foi uma oportunidade única. Confesso que me deixou a pensar, este senhor!
Começa por dizer que tem 41 anos, e, que lhe faltam, se chegar perto dos 100 anos, 20.000 dias mais ou menos, para partir! Deu a informação muito descontraidamente, e muito pouco sério! 
Comecei logo a fazer as minhas contas......e pouco mais velho que eu.....God....também só tenho 20.000 dias por cá!!!!! Loooooool
O discurso continuou, dos 20.000, por alto, passamos 10.000 a dormir......destes 10.000 que sobram, passamos 8.000 a trabalhar.... Sentados....para termos dinheiro, estatuto, etc .....destes 2000 que sobram....passamos 1000 preocupados com alguma coisa!!!!
Opa!! Tirando os anos que passo a dormir, que adoro!! Lol, quero aproveitar bem a minha vida por cá!! 
Na realidade já o vou tentando fazer, faço o que amo a tempo parcial, mas faço, aproveito muito bem o meu tempo, com quem amo, e a fazer o que me faz sentir bem. 
Não vivo dentro de uma redoma, nunca me senti bem dentro da dita "zona de conforto", gosto de viver! E viver, significa arriscar viver situações novas de coração! Que nos façam aprender algo! 
Tento degustar cada momentinho que passa por mim.....nem que seja ....estar sentada em cima de uma prancha de surf no mar.....sentir o vento na cara, o cheiro a mar....as pessoas a minha volta....os sorrisos que me rodeiam.....sempre fui assim! 
Tenho aprendido tanto, e mesmo quando a vida não me sorri, eu tento sorrir para ela! 
Muitos querem atingir a realização....mas eu só quero, só quero.....que aqueles momentos puros de felicidade se tornem num só eterno! Looooool
É pedir muito?!!! Estou a trabalhar para isso!! Quer dizer podia ser mais disciplinada....
Quando digo momento de pura felicidade, não tem haver com o exterior, ou com o acontecimento, eu sinto-me genuinamente feliz muitas vezes até a sentir o vento na cara, a ler um livro, a olhar para o céu.....pura felicidade interna. 
O objetivo é sentir me assim sempre!!! Seria brutal! Loooool
E o monge  tibetano tinha cara disso!! Um ser feliz! Feliz por estar vivo na terra mais uma vez!
E como ele disse.....para quem não acredita em reencarnação, esses sim tem que aproveitar melhor o seu tempo....só tem uma vida para experiênciar!! Os que acreditam podem, sempre levar a vida com mais calma, podemos sempre cá voltar. Looooool
Namaste a todos!!