domingo, 16 de abril de 2017

Tesourinhos da Terra!

Páscoa, que agora significa pouco mais que um fim de semana em que vou ver as pessoas que amo.
Já muito pouco de tradição. Se tenho saudades dessa dita tradição?! Claro que sim! Principalmente porque essa tradição era mantida por uma pessoa que já não está presente, a minha mãe.
Mas as coisas mudaram um pouco, o que não significa que sejam piores, são só diferentes. E essa tradição vai-se recuperando aos poucos á medida que os corações se curam também.
Não era para abordar este tema, mas falando em epocas festivas, não dá para não falar na presença dela na minha vida.
Mas foi a páscoa e fui à serra de estrela! Já não ia há algum tempo, e soube muito bem, não só porque é linda, porque se respira muito bem por lá, pelo silêncio, mas também pela gente da terra!!
Obviamente que indo a serra na páscoa tem que se comprar um queijo da serra!
Na Torre, consegue-se encher a barriga de queijo e presunto.....e enchidos, mesmo sem se comprar nada!! Todos, e quando digo todos, significa que não há banca que venda estas iguarias que não dê a provar de todos os produtos existentes. 
Mas existe sempre alguém que nos consegue atrair e conquistar. Um belo e simpático senhor, de uns 60 anos, fez questão de nos explicar, qual a diferença entre os queijos, como se faziam com o "cardo" , e obviamente de nos dar a provar. 
Depois de escolhermos o queijinho que queríamos, ele vira-se para nós e diz com muita naturalidade...."esperem que eu vou buscar uns mais novinhos e molinhos como as tetas da minha prima"!
Fartei-me de rir com o senhor......obviamente que não lhe perguntei como e que ele sabia, como é que eram as "tetas" da prima dele?!!! Looooool



Enviar um comentário