sexta-feira, 6 de maio de 2016

Lessons Learned....or not

Mais uns passinhos nas ditas lições a serem aprendidas ou arestas a serem limadas neste período da minha existência.......
Desde este último Natal que resolvi aceitar a minha condição, condição essa escolhida por mim, talvez ou não, para chegar ao ponto no qual me encontro exatamente agora.
Nasci e cresci com muitas pessoas á minha volta. Apesar de não ter uns avós de sangue muito carinhosos, tive sempre, avós postiços que me mimavam muito e ajudavam a cuidar de mim. 
Avós esses que fui perdendo devido à sua idade e lei da vida na terra. Mas cresci, rodeada, de avós postiços, tios, primos, vizinhos, amigos, país, irmão, gatos, cães e muita bicharada. Apesar de desde sempre precisar de um tempinho para mim, sempre tive algum receio, desde que me lembro, de ficar sozinha. 
Algo, já naquela altura, me dizia que isso era uma das arestas a serem limadas.
As melgas que me amavam......lol....e que eram amadas por mim, já cá não estão. As pessoas mais próximas sabem, e por aqui também já foi referido, que, tive 3 anos complicados onde perdi, de repente, as últimas melgas da minha vida, principalmente a melga mor! 
Quando reparei que quem tinha ficado, seriam sim, pessoas que me amam muito, eu sei, mas que não são melgas!! Quando digo que não são melgas, é que são pessoas mais despegadas, independentes, com vida própria, menos preocupadas com a vida. 
Não é uma queixa, também tenho um pouco ....muito disso. 
Durante um tempo, desde que eles não estão por cá, tentei manter o mesmo laço com os restantes, mas acabei por aceitar e perceber, que as coisas já não são como eram e as pessoas também não são as mesmas. 
E quando realmente, de coração, percebi, aceitei e continuei a amar as pessoas que estão na minha vida, exatamente como elas são, percebendo também o caminho delas, fiquei em paz. Mas uma paz avassaladora!! O meu coração ficou em equilíbrio. 
Paz essa que vem do facto de não esperar absolutamente nada de ninguém! Uma serenidade muito consciente. 
Se tenho saudades das melgas.......?! Mesmo muito!!! Mas aceito conscientemente que essa energia já não está presente na minha vida agora....neste preciso momento.
Se é positivo ou negativo não ter expectativas.....não sei ....ainda tenho dúvidas quanto a isso.
Neste momento, não as ter, dá-me Paz, tudo o que vem é um bónus, por estar viva aqui na terra.
Agora, se não esperar, das pessoas que me amam e que amo, alguma coisa como um abraço, telefonema, ou mesmo algum interesse....isso já não sei.... 
Pergunto eu...... Devemos esperar algo....dos nossos amigos....família....pessoas que realmente nos são muito próximas?!!!
Bem, a esta pergunta não tenho resposta, só que digo sempre o que o meu coração sente, ajo ou tento agir em conformidade com ele e com a minha consciência. 
Eu vivo como acredito, que devo viver por aqui, conscientemente, presente na vida de quem me quer por perto, disponível para estar com as pessoas que amo. O meu tempo é utilizado para fazer o que amo e ser feliz nas mais pequenas coisas.
Este ano, veio a aceitação, de que as vezes, as pessoas seguem caminhos diferentes e um pouco mais distantes do meu. 
Disse alguma coisa com sentido hoje?!!!! Looooool


PS: Melgas: pessoas que não só nos amam, como nos dizem que amam, que se preocupam, que são constantemente presentes, que nos dão mimos excessivos, que nos conhecem melhor que nós, a quem chamamos chatos/as, mas que amamos e adoramos toda a atenção e excesso de mimos!! Lol





Enviar um comentário