terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Rabugices...

Nervosa, ansiosa, resmungona, mas apesar de tudo, bem disposta....é assim que ando...não sei exatamente porque, mas também não temos que que saber tudo certo?
Consigo encontrar uma quantas razões, a  chegada do Natal que tanto gosto, misturada com o sentimento de vazio por falta da minha mãe por perto, o facto de já não haver prenda para ela, o facto de agora ter passado para mim a responsabilidade de fazer algumas coisa referentes a época Natalícia, que antes lhe pertencia a ela..... as fritas de abóbora....ou sonhos de abóbora (chamem-lhe o que quiserem)... a bacalhoada de tofu, que fazia com tanto gosto para os filhos vegetarianos... a meia noite passada com ela e com resto da família a volta da grande lareira, a rasgar o papel das prendas, adormecer agarrada a ela com o calor das brasas.... os mimos.... o olhar doce de um ser cheio de Amor para dar....
Agora essa responsabilidade cabe a mim..... Dar
Adoro dar, não é uma queixa, mas ela era a minha fonte inesgotável de Amor!
Adoro fazer esses mimos e adoro ver todos satisfeitos a comer na mesa cheia de Natal ... mas eram mimos meus que adorava receber... receber....
Tenho a perfeita noção que o prazer que sinto em poder ver as pessoas que tanto gosto abrirem os meus presentes e receberem os meus mimos é imenso e que gosto muito mais de dar, sem duvida, e cada vez mais, que receber.... mas as vezes sabe muito bem perceber que alguém do nada perdeu algum tempo a pensar em mim e em como me surpreender...
Funguices de quatro horas de sono associadas a tudo o resto, dá nisto!!


Enviar um comentário