terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Manhã

Manhã com cheiro a humidade, terra molhada, vozes que nos conhecem desde sempre, com cores de Outono, som de água a correr, paz, não sei como consigo passar tanto tempo sem a terra nos pés e o vento no nariz!


Enviar um comentário