terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Artigo

O que é que se faz nas férias?!
Deitamo-nos tarde e levantamo- nos tarde!! E sabe tão bem!! Deixa de saber assim tão bem, quando deixamos os amigos e na hora de dormir.....onde está o sono?!!! 
Esta não é uma noite mal dormida, vai ser muito bem dormida, mas só porque vai haver tempo para dormir, o que é simplesmente maravilhoso!!! 
..................................
Passaram algumas horas desde que iniciei este post, e estava eu a dizer que o sono não aparecia! Não só adormeci no final do longo discurso, como fiquei sem bateria e consequentemente sem o texto....
Deduzo que a ideia geral, seria sobre um artigo que tinha acabado de ler, com o titulo... " As pessoas que morrem para nós".
Ao longo dos anos, aconteceu mesmo muito poucas vezes, os amigos ou ficaram até hoje, ou a vida afastou- nos e a amizade diluiu-se, mas nunca houve rancores, coisas mal resolvidas, ou mágoas, ficaram sempre as boas lembranças, e caso haja um reencontro, como já aconteceu, certamente nos vão fazer sorrir. 
Verdade, também não sou pessoa de guardar mágoa de ninguém, as situações menos boas esqueço com facilidade e ficam sempre os bons momentos.
Tirando duas situações que me fizeram identificar com o artigo.
 A primeira é uma familiar bem próxima, que nunca foi uma presença saudável na vida familiar de ninguém, e que se alguma vez senti o que quer que seja pela pessoa realmente morreu, porque agora existe o nada perante alguém que me viu nascer. Uma segunda situação mais recente que foi uma amizade que julgava eu, para sempre, e acabou por não ser, em muito pouco tempo tudo se diluiu e ficou o nada entre duas amigas.
Ambas complicadas porque envolvem outras pessoas. Embora habitualmente consiga separar as coisas, nem sempre acontece do outro lado. 
Mas todos nós fazemos as nossas escolhas e quem fica é quem vale a pena! 
Tudo para dizer que este "Nada" realmente acontece, mas é algo que existe sem ressentimento, apenas existe a vontade de continuar sem aquela energia no nosso caminho. Mas neste " nada", não sobram sequer lembranças boas ou construtivas, é engraçado, porque nem sequer conseguimos perceber o porquê de algum dia termos deixado entrar aquela energia! Se aprendi alguma coisa?! Humildade!! E obviamente perceber que a situação também não é fácil para os envolventes, que não têm que fazer uma escolha, mas que se acharem obrigados a fazê-la, são livres para a fazerem e escolherem de acordo com o seu coração...... O que quero dizer é que além da humildade veio também maior paciência, aceitação e consciência!
O que por si só já valeu a pena!!
Há muitos anos atrás, tinha uns 11anos, um professor fez uma pergunta á turma..... " ajudariam alguém/ amigo, mesmo que tivessem que se prejudicar?" 
A resposta foi tão óbvia e lógica para mim...... claro que sim!! Quando me apercebi, que a grande maioria da turma tinha respondido .....não! Inclusive a minha colega do lado!
Muito cedo percebi que a minha realidade do mundo era bem diferente da maioria, inicialmente achava que era burra..... Lol....agora, não só  continuo com a mesma opinião, como acho que se o mundo tivesse a mesma reação, era bem diferente! Até podia ter o mesmo mau humor e resmunguice, mas a mesma reação de inter-ajuda!

Nota: A colega do lado com a resposta oposta é minha amiga até hoje... demorou o seu tempo.....looool... mas cá estaremos nós a resmungar uma com a outra até aos 90!!


Enviar um comentário