quinta-feira, 22 de outubro de 2015

My New World

Amo o que faço e amo trabalhar no mundo em que trabalho. Obviamente não me estou a referir ao meio hospitalar, mas sim ao meu mundo "alternativo"!
Demorei começar a levar a sério a minha profissão de Medicina Tradicional Chinesa, mas agora que comecei a sério, estou completamente rendida. Sempre gostei imenso de tudo o que aprendi, da filosofia por trás da medicina, da técnica, sempre fez sentido tudo o que aprendi e como sempre disse, não invalida absolutamente nada da medicina convencional com a qual já trabalhava, muito pelo contrario, elas são complementares, usar os dois instrumentos seria sem duvida alguma uma mais valia na saúde.
Mas começar realmente a ver os resultados nos meus pacientes é simplesmente brutal. Perceber que as pessoas estão a ficar melhor, que são elas que me vão dando esse feedback, que sem me dizerem...o que não é propriamente bom.... deixam de fazer a medicação que fazem á anos (da medicina convencional), e sentem-se realmente bem, é mesmo muito cativante.
Eu acho que me vou tornar especialista, dentro da medicina chinesa, em psiquiatria, depressões é o que mais me aparece, também é a doença do século, mas também é onde noto resultados brilhantes.
Mas estar a realizar este meu sonho, implica trabalhar, em locais e com pessoas (outros terapeutas) muito diferentes. Pessoas essas que acreditam no que fazem e dedicam a sua vida ao que realmente gostam de fazer. Pessoas essas que não se interessam minimamente com o que o mundo poderá dizer delas.... pessoas felizes, com uma consciência brutal do que as rodeia. Trabalhar perto delas, conhecer novas terapias, viver num mundo... nem que seja só por algumas horas por semana...de paz e de inter ajuda, com pessoas de corações grandes e de grandes abraços, faz-me crescer como ser humano e como ser cada vez mais consciente do que sou, do que me rodeia e do universo.
Também sei que neste mundo como em todos os outros, existem todo o tipo de seres, bons e maus profissionais, bem ou mal intencionados, mas eu tenho tido sorte, trabalho com gente séria que ama...
A verdade é que neste mundo também se dá muita atenção a algo que anda a falhar no mundo do século 21, dá-se atenção ao coração, ao que sentimos, a energia que cada um transmite. Se por alguma razão as coisas não fluem é porque as vibrações são muito diferentes, e cada um segue o caminho que tem que seguir, simples!
Como não quero afastar as pessoas com a minha parte mais alternativa, vou parar por aqui...... mas bem lá no fundinho é tudo uma questão de energia!!!! Tudo é energia!



 


Enviar um comentário