quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Caderneta de cromos...LOL

Bem, desta vez o Nuno Markl Superou-se, Fez-me mesmo voltar no tempo, quando eu já não era "flor que se cheire" e fingia estar com muita febre e muito doente para não me obrigarem a ir a missa e catequese e ver os meus desenhos animados favoritos...."Os contos do El Dourado" e "Fábulas da floresta verde"!! Eu até chorava para me deixarem ficar em casa... mas nunca resultou!! Claro!! As lágrimas nem resultavam para sopa de cebola...que ainda hoje detesto e não posso nem com o cheiro!...LOL...Deve ser a única coisa que me faz vomitar!!
Mas continuando.... ainda me lembrou de uma música, que ainda tenho algures em casa o disco de vinil, do... lol..."Carlitos Carlitos!"... já nem me lembrava que aquilo existia! Este fim de semana faço questão de ir procurar o vinil em questão para me rir um bocado!
Já não sei exactamente a idade que tinha, mas foi depois da "Maria Armanda" e do "eu vi um sapo"!
Claro que sou assim por culpa exclusiva dos meus progenitores! Quem é que leva a filha com 4aninhos a um concerto da Maria Armanda?! LOL
Eu era viciada naquilo....todos os domingos de manha, o que eu mais gostava,antes dos desenhos animados...claro...era enroscar-me no meio dos meus pais a ouvir a cassete do " Eu vi um sapo"! Lindo!!
Claro que era mesmo estúpida.... assim em vez dos desenhos animados... nunca me escapava de pelo menos da catequese!!!
E já agora, eu morria de medo de lobisomens, não era devido ao videoclip do Michael Jackson.... Não senhor!!!...Era por causa do "Roque Santeiro"! Tinha Altos pesadelos! Andei uns tempos sem entrar num quarto lá de casa, por causa de um desses pesadelos....o lobisomem saia do guarda fatos! LOL
Ainda me lembro muito bem da musica da novela....."Segredos da meia-noite..."
Claro que depois da Maria Armanda, do Carlitos, Roque Santeiro, da Lara e o do Joca, do Topo Gijo, da quantidade de vezes que eu caia a correr/andar/andar de bicicleta/saltar dos muros/fazer o pino (sim ouve uma altura em que eu achava que podia substituir o andar por saltar o pino e aonde quer que fosse era a fazer o pino...até que "arranhei" o nariz!), e das zaragatas constantes com os meus primos que adorava e ainda adoro, de criar ratos na mesinha de cabeceira, não podia ser uma pessoa muito normal!!!
Enviar um comentário