quarta-feira, 31 de março de 2010

Mais uma noite malllll dormida!

Não há nada como começar o dia com muitos elogios á nossa pessoa!!
Saí do meu cantinho do HSM, para acompanhar uma amiga ao outro canto do hospital... quando me lembro... "Dolitas estudipa, corredor principal, estás de pijama verde e bata... M.. toda as pessoas te vão pedir informações!!"... Sim porque o HSM é muito pequeno e quem cá trabalha conhece não só todos os cantos do hospital como conhece todas as pessoas que cá trabalham, sem excepção!!! LOL
é muito comum nos perguntarem onde fica determinado elevador, serviço...nem que fique no cu de judas...como se diz lá em cima... ou então se conhecemos determinada pessoa... será que sabem a quantidade de pessoas que por aqui trabalha?!
Mas uma velhota assim que viu passar por ela, puxa-me pelo braço... chega-se bem pertinho de mim... não vá eu fugir ou ouvir mal...ou até quem sabe ver mal!...o Sª Dª por acaso sabe-me dizer onde fica o elevador X... depois de a informar do dito elevador, agradeceu bem alto e ainda me disse que já valia a pena me ter perguntado só pelo meu sorriso e simpatia!!! LOL
Sim eu sei que não vou para o cèu!! Mal sabe a senhora que assim que me puxou pelo braço eu já estava a levantar a sobrançelha dta e a manda-la para o segurança mais proximo para a informar melhor!!LOL... É nestes casos que eu vejo a minha auréola cada vez mais longe!!! LOL
Mas não tenho culpa de não gostar muito que me agarrem e se cheguem tão perto de mim, ao ponto de quase me beijarem a cara!!! Fazem-me lembrar as tias mais velhinhas e as velhotas da aldeia, que quando eramos muidos, nos puxavam e davam tantos beijos que até lhe sentiamos os pêlos da cara!!! Quando eu ouvia a frase "aí que menina tão bonita"... tinha sempre vontade de ir fazer alguma coisa urgente.... como se com aquela idade tivessemos alguma coisa urgente para fazer!!! LOL... ouvia sempre a minha mãe... "não sejas mal educada e cumprimenta as pessoas!!"... Mas não podia ser só com um beijo?! LOL
Esta historia faz-me lembrar uma velhota que havia lá na aldeia á qual eu chamava de "avó postiça", todos os muidos a adoravam, ela andava sempre com imensos rebuçados e sugos para dar as crianças, era muito bem disposta e querida, apesar da vida lhe ter pregado algumas partidas.
Tinha que ser em mais uma noite mal dormida para me lembrar de velhas, verrugas, pêlos...nas verrugas e não só...lol... e beijos bem dados!!!LOL
Enviar um comentário